Peço desculpas por não enviar o gabarito das atividades postadas anteriormente, mas tentarei disponibilizar sugestões de respostas para as próximas postagens. Este está sendo um ano de muito trabalho e pouco tempo. Conto com a compreensão de todos. 28/11/16.

domingo, 13 de novembro de 2011

Atividade de Literatura - 7º ano - com gabarito


1-      Nesse texto, além das palavras, que outro recurso foi usado para expressar idéias?
2-     Quem fala ou faz alguma coisa é personagem da história. Quando os personagens conversam, temos um diálogo.
a)     Quais são as personagens do texto? Há diálogo entre eles?
b)     A fala da mãe está claramente expressa? Justifique.
3-     A história apresenta cinco quadrinhos. O que a mãe teria dito à filha no quadro 2?
4-     Observe o desenho do quadro 3 e conte o que a moça está sentindo enquanto a mãe faz tantas perguntas.
5-     Pelo tamanho das figuras no último quadro, responda:
a)     A mãe continua mandando na filha?
b)     A mãe preocupa-se demais em proteger a filha? Como você sabe disso?

Papo maluco
            O sujeito entra num bar, senta-se à mesa e logo um garçom aparece.
— Boa noite, o que o senhor toma?
— Tomo vitamina C pela manhã, o ônibus para ir ao serviço e uma aspirina quando tenho dor de cabeça.
— Desculpe, mas acho que não fui claro.  Eu quis dizer do que é que o senhor gostaria?
— Ah! Tudo bem! Gostaria de ter um Ferrari, de casar com a Gisele Bündchen e mandar a minha sogra para o inferno.
— Não é nada disso, meu senhor! — Continua o garçom, ainda calmo. — Eu só gostaria de saber o que o senhor deseja de beber.
— Ah! É isso? Bem... o que é que você tem?
E o garçom:
— Eu? Nada, não! Só tô um pouco chateado porque o meu time perdeu pro São Caetano.

Norma Ferreira da Silva (por e-mail) Uberlândia – MG Almanaque Drogasil, ano 1, nº 1, maio de 2004, p.22.

6-     Por que o texto recebeu o título Papo maluco?
7-     Como o garçom poderia ter abordado o freguês para ser entendido logo na primeira fala?
8-     E a fala do freguês, como poderia ter sido mais clara?
9-     Na segunda fala do freguês, que expressão nos leva a pensar que ele passou a entender o garçom?
10- Como o garçom age em relação ao freguês? Por quê?


GABARITO:
1-      Desenho, quadrinhos.
2-     a) Os personagens são a moça e a mãe. Há diálogo entre eles, porque estão conversando.
      b) Não, a fala da mãe é adivinhada pelas respostas da filha.
3-     Respostas variadas.
4-     Preguiça, sono, cansaço, enjoo.
5-     a) Sim, a mãe continua mandando na filha, porque a figura da galinha que representa a mãe é muito maior.
      b) Sim, ela esconde a filha debaixo da asa.
6-     Porque quando o leitor pensa que é só o freguês que não entende o que o garçom quer dizer, este passa a agir da mesma forma que o freguês.
7-     No próprio texto, temos: “Eu só gostaria de saber o que o senhor quer beber”.
8-     Sugestão: O que é que você tem pra beber?
9-     “Ah! Tudo bem”!
10-  Age com calma, educadamente. Afinal, na condição de servir o freguês, o garçom tem de ser atencioso, paciente e respeitar pequenos deslizes, provocações ou mesmo algumas atitudes estranhas para que o cliente tenha boa impressão sobre os serviços prestados no local.


Nenhum comentário:

Postar um comentário